Dia da consciência Negra

Dia da consciência negra

Vinte de novembro, dia da consciência negra. Próximo ano será feriado, isso é válido? Conversando com uns colegas outro dia, tive a oportunidade de ouvir a infeliz frase: “Vou ficar negão no dia da consciência negra em homenagem!”. Creio que com isso, não precisaria escrever mais nada. Neste texto dito por meus colegas, está implícito que não é de um feriado que necessitamos, mas medidas reais de conscientização nas escolas e universidades. Deveria ser sim, aprovado um projeto de lei em que as escolas tivessem a obrigação de promover semana cultural da consciência negra. Ao movimento negro – que me desculpem a falta de informação se estiver sendo desinformado neste texto – caberia despertar realmente para este dia e não apenas aparecerem nos momentos-chave, à mídia brasileira, está na hora de revelar verdadeiramente a cultura negra no país e não levar um negro estereotipado, donos de apenas uma cultura quando a África é um continente imenso e de culturas diversas. As universidades – e a Universidade do Estado da Bahia sai na frente com a sua proximidade com a causa negra realizando o seminário “É coisa de preto” em Salvador e “Santo Antônio Negro” em Santo Antônio de Jesus – deveriam abrir espaços para discussões mais aprofundadas sobre o negro no Brasil e toda a questão histórica que desemboca no discurso que diz que temos uma dívida com o passado. Fica a problemática: “até que ponto?” (e que fique claro que essa pergunta é apenas uma problemática, não uma opinião formada)

Não é de mais um feriado que nós precisamos, precisamos sim de maior atenção e assistência. Vivemos uma época em que muitos brasileiros são apáticos à política, a todos os movimentos em geral e nós somos um povo criativo. Não devemos desperdiçar nossa criatividade em ócio, mas sim em transformar nossa apatia em simpatia e construir juntos. Pense nisso.

Anderson Rabelo

Estudante de Letras da Universidade do Estado da Bahia

Executivo Estadual da ExNEL (Executiva Nacional dos Estudantes de Letras)

Anúncios

One Response to Dia da consciência Negra

  1. Jose Carlos disse:

    Neste atual nível de absoluta despolitização no qual grande parte dos Brasileiros se encontram, um feriado a mais significa mais um dia de bebedeira, acidentes nas estradas etc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: